Contribuições do jogo ao ensino e aprendizagem de matemática: o caso da multiplicação nos anos iniciais do Ensino Fundamental.

STAREPRAVO, A. R.; MACEDO, L. Contribuições do jogo ao ensino e aprendizagem de matemática: o caso da multiplicação nos anos iniciais do Ensino Fundamental. In: BIANCHINI, L. G. B. (org.). Psicopedagogia: reflexões sobre família e escola. Curitiba: CRV, 2015. Capítulo 15: p. 207-226.

Esse texto é um recorte da minha Tese de Doutorado, escrito em coautoria com meu querido orientador Lino de Macedo. Trata-se de uma análise sobre as contribuições do Jogo dos Restos para a compreensão do conceito de multiplicação. O referido jogo foi usado em minha pesquisa de doutorado, na qual  fizemos uma análise de uma proposta de ensino das estruturas multiplicativas, desenvolvida e aplicada por mim mesma numa turma de 4° ano do Ensino Fundamental, tendo como referencial a Teoria Construtivista Piagetiana, a Teoria dos campos Conceituais de Vergnaud e a Teoria das Situações Didáticas de Brousseau.

Neste texto apresentamos uma reflexão acerca dos problemas que o jogo coloca aos alunos e de seus modos de enfrentamento, destacando o papel problematizadora dos jogos e a importância da sua utilização como ferramenta de ensino e de aprendizagem de matemática na escola bem como  de intervenção psicopedagógica em contexto clínico.

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *